Quarta-feira, 27 de Outubro de 2004

Fantasmas?

Vamos imaginar, por mera hipótese de trabalho, que o governo não pressionou Paes do Amaral no Caso Marcelo. Sairá o governo beneficiado na sua imagem com esta hipótese?
A resposta só pode ser não. Porque, a acreditar na versão do Prof. Marcelo, na conversa com Paes do Amaral, este terá manifestado receios quanto a uma retaliação do governo por causa do tom crítico da crónica na TVI.
Ora isto demonstra da parte do administrador daquela televisão um conhecimento perfeito das pessoas com quem lida, isto é, tem a noção exacta de que este governo aceita mal as críticas e decide em função de critérios políticos e não de adequação ou valia.
Pais do Amaral tem de ser um homem competente, ou não teria chegado onde chegou: se não foi pressionado, sentiu-se pressionado. Para quem tivesse dúvidas, demonstrou a sua competência pelo conhecimento verdadeiramente exaustivo dos elementos governativos com quem tem de lidar.
E isto tudo tranquilizou-me. É que eu pensava que andava a ficar maluco, com a mania da perseguição. Comecei a ver fantasmas de perseguições políticas encapotadas, de arregimentação de peões de brega, de tentativa de regresso a padrões filosóficos que pensava terem sido enterrados com o 25 de Abril, de punição por delitos de opinião. Afinal, não são fantasmas: são evidências.
publicado por bartsky às 21:06
link do post | comentar | favorito
4 comentários:
De Anónimo a 28 de Outubro de 2004 às 18:10
Tangas:
se ele não é mártir quem é então?teikdbra
</a>
(mailto:teikdbra@hotmail.com)


De Anónimo a 28 de Outubro de 2004 às 18:02
vou tentar escrever um comentário ainda mais enigmático que os anteriores: É...
teikdbra
</a>
(mailto:teikdbra@hotmail.com)


De Anónimo a 28 de Outubro de 2004 às 03:41
é muito tempo de antena para um mártir só...Tangas
(http://tangaslesbicas.blogs.sapo.pt)
(mailto:tangas_lesbicas@sapo.pt)


De Anónimo a 28 de Outubro de 2004 às 00:40
Não voto no Kapital, nem nelas..IS
(http://vulkan.blogs.sapo.pt/)
(mailto:kapital@is.com)


Comentar post