Sábado, 24 de Julho de 2004

CARLOS PAREDES - o meu mundo está morrer

Morreu Carlos Paredes.
Se não fosse português era conhecido em todo o mundo.
Como nasceu aqui até o prenderam, no tempo da outra senhora.
Pergunta ingénua: será que a direita tem alguma coisa contra a inteligência?
É que estava aqui a lembrar-me de um moço da Linha chamado Sousa Lara e de um episódio com o Saramago.Este, escoicinhado pelo Psd,foi agraciado pelo Nobel...
Mas isso não interessa, que a mediocridade subserviente sempre foi bem tratada pelo nosso poder.
O que interessa é que o Carlos Paredes me hipnotizava com a sua música, me acariciava a alma e me deixava pronto para sonhar com um mundo de harmonia.
Tem morrido tanta gente que me habituei a ter como companheira das minhas emoções, que me interrogo se, aos cinquenta anos, o nosso mundo começa a morrer, antecipando e prevendo a nossa vez.
Sem o conhecer pessoalmente, tinha por Carlos Paredes a ternura que se tem por um avô que nos inventa estórias: este inventava-me sons...
Morreu um pouco de mim!
E estou triste.
publicado por bartsky às 12:23
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Março 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


.posts recentes

. Novidades

. ...

. Actualização

. Ser português

. ...

. Este blog já não mora aqu...

. Aniversário

. Bom fim de semana

. Sempre

. Este blog já não mora aqu...

.arquivos

. Março 2006

. Janeiro 2006

. Novembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds